//// SONIDO BUENO ////

boa música – bonne musique – good music – よい音楽 – gute musik

Pagode Jazz Sardinha’s Club – Sardinhas 2 novembro, 2009

Filed under: pagode jazz sardinha's club — sonidobueno @ 5:57 pm
Tags: , , ,

cover

O Sardinha’s Club nasceu em 1997 trazendo uma mistura inovadora que une choro, jazz , funk, samba e jongo , ritmos que os cariocas abraçaram em seus corações.

 

O nome faz uma homenagem ao Beco das Sardinhas, um tradicional ponto de boemia carioca (no centro de cidade) especializado em sardinhas na brasa.

Nesses dez anos o grupo se apresentou em festivais internacionais como o Mercado Cultura / III Strictly Mundial, em Salvador, no Festival Nuits de Brésil, em Sanary-sur-Mer, sul da França,na Fete de la Músic em Paris, e em todo o Brasil, além participar de eventos e shows com convidados especiais como Elza Soares, Johnny Alf, Zeca Pagodinho, Dona Ivone Lara, Nelson Sargento e Roberto Silva.

Seu primeiro cd foi lançado em julho de 1999 e distribuído pela Rob Digital, o CD de estréia Sardinha’s Club, foi considerado um dos grandes lançamentos do ano pela imprensa e pelo meio musical. Três meses depois foi licenciado para lançamento no Japão pela Nippon Crown Records.

Em 2001 foi premiado participando do CD Rumos Musicais 99 (Instituto Itaú Cultural), que inclui duas faixas do grupo gravadas ao vivo: Transmestiço e Maxixe, Paizinho.

Em 2004 lançou Sardinhas, com a participação de Zeca Pagodinho, e recebeu o premio Tim de Melhor Grupo Instrumental. Esse disco foi aclamado pela crítica especializada e pelo meio artístico.

O grupo, que é composto por Edson Menezes (baixo), Eduardo Neves (flauta e sax), Xande Figueiredo (bateria), Bernardo Bosísio (violão), Roberto Marques (trombone), Marcos Esguleba (percussão) e Rodrigo Lessa (bandolim e bandara).

(…)Além disso, o Sardinha’s Club participou dos CD Trombone do Brasil (de Roberto Marques), É o Violão do Brasil (de Gabriel Improta) e Fora do Esquadro, de Rodrigo Lessa.”

.

.

01. Chave de Cadeia +++C
02. Clube Savana
03. Pagode Jazz Sardinha’s Club ////PLAY////
04. Samba Castiço
05. Joana Francesa
06. José do Egito
07. O dia em que Ela chegou
08. Suíngue Envolvente
09. Gente da Ilha
10. Maxixe, Neném
11. Choro Transgênico
12. Chorinho de Gafieira
13. Não Sou Mais Disso – Faixa Amarela – O Feijão de Dona Neném
14. Mar

DOWNLOAD

 

Celso Fonseca – Feriado 19 agosto, 2009

Filed under: celso fonseca — sonidobueno @ 6:12 pm
Tags: , , ,

folderFeriado nacional. E internacional.
Washington Olivetto

“Em 1992, meu amigo Nelson Motta resolveu morar uns tempos em Nova York e, na época, defendia a tese de que a melhor coisa desse seu exílio voluntário era o fato de, aos domingos à noite, ele não ter que ouvir a música-tema do Fantástico.
Segundo o Nelsinho, aquela melodia lhe provocava uma certa depressão porque anunciava a proximidade da segunda-feira.

Apesar de sua alma incomum de artista, Nelsinho tinha com relação às segundas-feiras uma alergia similar à do mais comum dos burocratas.
Já um outro amigo meu — não tão famoso quanto o Nelsinho, mas igualmente sensível — defende há anos uma tese quase psicanalítica sobre o assunto.

Ele garante que acorda de mau humor nos dias úteis porque seu subconsciente detecta que ele vai ter que inventar o dia, e esse sentimento se exaspera nas manhãs de segunda-feira porque seu subconsciente registra que ele vai ter que inventar a semana.

Para casos como o do Nelsinho, do meu amigo não tão famoso ou de outros segunda-feirafóbicos, recomendo uma terapia infalível: a audição de Feriado, o novo CD de Celso Fonseca. Um disco capaz de deixar qualquer segunda-feira de manhã com cara de sexta-feira à tarde. Ou melhor: capaz de transformar terças e quintas-feiras comuns em terças e quintas de feriadão, daquelas que permitem emendar o sábado, o domingo, a segunda e a terça ou a quinta, a sexta, o sábado e o domingo.

Feriado é puro lazer para o ouvinte, resultado de muito trabalho do autor.

Dos discos do Celso Fonseca, este é o que contém o maior índice de Celsos Fonseca per capita. Tem o Celso compositor, o Celso cantor, o Celso intérprete, o Celso produtor, o Celso arranjador, o Celso instrumentista, o Celso programador e o Celso antenado. Todos muito bons individualmente — e melhores ainda somados.

O Celso compositor brilha individualmente em três canções, mantém sua clássica parceria com o Ronaldo Bastos em mais duas e inaugura uma nova parceria com o Marcelo D2 em outra.

(…)E o Celso antenado, entre outras sacadas, revela a incomum beleza de Se Ela Dança, Eu Danço, do MC Leozinho, e descobre um samba que contém um daqueles grandes achados do inconsciente coletivo. É a canção Queda, do jovem Luciano Salvador Bahia, que faz lembrar algumas das pérolas do velho e bom Batatinha.

(…)Palmas pro sol. Palmas pro CD. E palmas pros Celsos Fonseca, que eles merecem.”

.

.

01. Não se afasta de mim
02. Feriado ////PLAY////
03. Beleza
04. Águas de março
05. Queda
06. Viajando na viagem
07. Você não entende nada
08. Sorte
09. Ela só pensa em beijar
10. Next year, baby
11. Estrelinha

DOWNLOAD

 

Finley Quaye 17 maio, 2009

Filed under: finley quaye — sonidobueno @ 11:48 pm
Tags: , ,

coverFinley Quaye (Edimburgo, 25 de Março de 1974) é um músico britânico. Quando ganhou, em 1998 o Brit Award para Melhor Artista Britânico a Solo, ele era famoso há menos de um ano. Em 1997, ele surgiu do nada com um fantastico mix de Reggae, Soul, Jazz e Funk e tomou o trono do Dance Pop, ocupado previamente por Jamiroquai.

Filho de Cab Quaye compositor de Jazz, irmão do famoso guitarrista Caleb e alegadamente tio do artista de Trip Hop, Tricky, ele fez a sua primeira aparição em 1995 com A Guy Called Gerald’s “Finley’s Rainbow”. Realizou um solo com Haiku e nos finais de 1997, atingiu o top 20 britânico duas vezes com “Sunday Shining”, um descontraido cover de Bob Marley e “Even After All”. A sua reputação ficou estabelecida com Maverick A Strike, um álbum aventureiro mas acessível, que atingiu o Ouro menos de três semanas depois de lançado tendo-o levado directamente á victoria do Brit Award.

No entanto, não se augurava nada de bom quando Tricky – com quem tinha colaborado no fim de 1997 em “Please Share My Dappy Umbrella”, contando também com Iggy Pop – o culpou no seu “Can’t Freestyle”.

Em 2004 a música “Dice”, feita conjuntamente com William Orbit, e contando com Beth Orton fez um pouco de sucesso, ajudada em parte pela sua inclusão na trilha sonora de The O.C..

FONTE

.

1

.

.

2

.

01. Sunday Shining
02. It’s Great When We’re Together
03. Dice
04. Your Love Gets Sweeter (Abbey Road Version)
05. Even After All ////PLAY 1////
06. Something To Say
07. Ultra Stimulation
08. Living With out You
09. Spiritualized
10. Maverick A Strike ////PLAY 2////
11. When I Burn Off Into The Distance
12. This Is How I Feel
13. White Paper
14. Hey Now
15. Sweet And Loving Man
16. Burning

DOWNLOAD

 

BiD – Bambas & Biritas Vol. 1 26 outubro, 2008

Filed under: bid — sonidobueno @ 3:56 pm
Tags: , , ,

Produtor de renome, BiD estréia solo com Bambas & Biritas Vol. 1, um álbum repleto de participações especiais, que privilegia a brasilidade em um som que passeia pelo funk, soul e pelo hip hop sem esquecer a eletrônica, presença constante na vida do produtor. Além de membro fundador do Funk Como Le Gusta, BiD é DJ e já produziu remixes para Fernanda Abreu, Otto e Planet Hemp, entre outros. Sem contar discos para Chico Science & Nação Zumbi (Afrociberdelia) e Mundo Livre S/A (Por Pouco).

Bambas & Biritas Vol. 1 começou a nascer há quatro anos. “Eu ia encaixando esse trabalho solo nos intervalos dos outros trabalhos”, conta BiD. “Todas nasceram da secretária eletrônica. Eu telefonava para a secretária eletrônica do estúdio e deixava recado com a idéia, para não esquecer”, conta o produtor. Bambas & Biritas Vol. 1 conta com um time luxuoso. Black Alien, Elza Soares, Rappin’ Hood, Seu Jorge, Marku Ribas, Carlos Dafé e Arnaldo Antunes são alguns dos nomes que marcaram presença no disco. “São 53 músicos participando”, contabilizou o produtor.

Ouça a música Fora do horário comercial. Parceria de BiD com Marku Ribas.

.

.

01. Não pára (com Carlos Daffé)
02. Na noite se resolve (com Black Alien & DJ Soul Singer)
03. Maestro do Canão (com Rappin’ Hood & Funk Buia)
04. E depois… (com Seu Jorge)
05. Fora do horário comercial (com Marku Ribas) ////PLAY////
06. Mandingueira (com Elza Soares)
07. Saudades da Black Rio (com Carlos Daffé)
08. Soul survivor (com Dasez & Muhammad Murashir)
09. Terra vista (com Cine-Lândia)
10. Roda rodete rodeano [Zambo Mix] (com Chico Science & Dú Peixe)
11. Estou bem longe [do que me faz mal]

DOWNLOAD

 

Clube do Balanço – Samba Incrementado 29 setembro, 2008

Filed under: clube do balanço — sonidobueno @ 12:42 am
Tags: , , , ,

Lançando seu primeiro CD Swing & Samba Rock em 2000 (breve aqui no Sonido Bueno) o Clube do Balanço trouxe de volta à música brasileira os bons tempos do chamado sambalanço. Em outras palavras, o guitarrista e líder do grupo Marco Mattoli e seu clube de músicos retomaram e renovaram com muita propriedade o velho gênero conhecido como samba rock.

Em sua fórmula musical estão presentes doses sutis de jazz, rock e soul, mas sempre priorizando o swing brasileiro do samba, além do balanço irresistível do mestre Jorge Ben Jor que não podia ficar de fora.

Nas palavras do próprio Mattoli, “o clube do balanço é uma agremiação que envolve músicos, djs, dançarinos e produtores voltados para o samba rock”, e continua “O primeiro disco foi muito generoso. Mais do que um disco da nossa banda, era um disco que reapresentava o samba rock para uma nova comunidade. Por isso a preocupação em ter tanto convidado e muita gente participando”.

Esse super grupo vem realizando desde 2000 as disputadas “domingueiras” em São Paulo que, com o tempo, se tornaram em verdadeiros bailes blacks, além da participação de vários convidados notórios como Bebeto, Luís Vagner, Abílio Manoel, Ivo Meirelles, Seu Jorge e Paula Lima, entre outros.  E foi exatamente quatro anos o tempo que o grupo teve para ficar preparado o suficiente para lançar seu segundo CD, Samba Incrementado. O Clube do Balanço, que desde 2000 vem fazendo shows com esta formação – Marco Mattoli, Edu Peixe, Gringo, Augustinho Bocão, Fred Prince, Marcelo Maita, Tiquinho, Reginaldo 16 e Tereza Gama –, diz que agora a banda se sentiu madura o suficiente para lançar um novo trabalho, com mais composições próprias e menos participações especiais. Para eles, o novo disco tem “a cara da banda”.

.

.

01. Muito Incrementado
02. Zula
03. A Sereia e o Marujo
04. Balanço
05. Tema de Cathy
06. Vou Batê pa Tu
07. O Morro não Engana
08. Vem cá Nega
09. Big Mondays
10. Tamborim
11. Sem Anjo na Multidão ////PLAY////
12. Saudades da Preta
13. Primeiro da Ilha
14. Balaio

DOWNLOAD

 

Orquestra Imperial – Carnaval só ano que vem 26 setembro, 2008

Filed under: orquestra imperial — sonidobueno @ 11:34 am
Tags: , , , , ,

Orquestra Imperial é uma Big Band brasileira, formada em 2002. Com o objetivo de formar uma orquestra típica de gafieira, o grupo reúne de nomes notáveis da cena pop carioca, como Rodrigo Amarante (do grupo Los Hermanos), Moreno Veloso, Domenico e Kassin (Do projeto +2), Nina Becker, Thalma de Freitas (Atriz da Rede Globo), Rubinho Jacobina (irmão de Nelson Jacobina, parceiro de Jorge Mautner) a já experientes músicos como o compositor da Império Serrano, cantor de samba e baterista Wilson Das Neves. A orquestra conta ainda com: Berna Ceppas, Rodrigo Bartolo (que toca com o Duplexx), Pedro Sá (guitarrista de Caetano Veloso, baixista no +2), Bidu Cordeiro (que acompanha o Paralamas do Sucesso, Reggae B e 3B Rio). Outro parceiro nas apresentações vem sendo o DJ Marlboro, que ganhou o título de “DJ oficial da Orquestra Imperial”.

Gravado e mixado em 15 dias, a qualidade do som do disco impressiona. Principalmente levando-se em conta que foi gravado ao vivo, inclusive os vocais, com apenas alguns metais e detalhes sendo gravados posteriormente.

Resumindo…IMPERDÍVEL!!!

.

.

01. O mar e o ar
02. Não foi em vão
03. Ereção
04. Jardim de Alah
05. Rue de mes souverirs
06. Yarusha Djaruba
07. Era bom ////PLAY////
08. Salamaleque
09. Ela rebola
10. De um amor em paz
11.Supermercado do amor

DOWNLOAD Escolha um servidor de uma lista